Ângela Polícia apresenta álbum em Lisboa e Porto

Ângela Polícia nasceu em Braga e em 2015 começou a organizar as ideias, letras e batidas que há algum tempo vinha a criar. Em 2016, foi convidado pelos Conjunto Corona para fazer a 1ª parte do seu concerto, nos Maus Hábitos e aí sentiu a energia que a sua música nos faz sentir quando o vemos em palco. Em 2017, estreia pela Crate Records de Razat, o seu álbum “Pruridades”, onde mistura vários movimentos musicais como o Hip-Hop, Dub ou Punk. Tem óptima aceitação por parte da crítica. Â.P. purga os teus tormentos através da sua lírica crua, interventiva e lunática. As suas batidas são sónicas, malaicas e fora da caixa. Em 2017, deu vários concertos como no ViraPop, gnration e Aveiroshima, abrindo para artistas como Shabazz Palaces, Cachupa Psicadélica, Scúru Fitchadu, Holy Nothing, Estado de Sítio, entre outros. Além disso, ainda organiza eventos no underground da sua cidade com o seu colectivo artístico Projéctil.